Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

  • 12/01/2018
  • 22:59
  • Atualização: 23:28

Defesa obtém habeas corpus para proprietária de templo

Mulher havia sido presa por furto de energia elétrica

Defesa obtém habeas corpus para proprietária de templo  | Foto: Alina Souza / CP Memória

Defesa obtém habeas corpus para proprietária de templo | Foto: Alina Souza / CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo

A defesa da proprietária do templo, onde duas crianças teriam sido sacrificadas em Gravataí, conseguiu habeas corpus na noite desta sexta-feira. Ela foi presa em flagrante por furto qualificado de energia elétrica no imóvel, situado na localidade de Morungava, em Gravataí e foi liberada por volta das 20h, segundo informou advogado. Segundo o delegado Rogério Baggio, titular da Delegacia de Homicídios de Novo Hamburgo, não está claro se a mulher detida tem algum envolvimento na morte das crianças.

Segundo a delegada Marina Goltz, da equipe da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio das Concessionárias e os Serviços Delegados (CRCP), as investigações para responsabilizar os proprietários do local prosseguem. Marina recordou que o furto de energia elétrica provoca grandes perdas para o setor, com prejuízos arcados por toda a população e consequente diminuição de arrecadação de impostos. A titular da DRCP destacou a instabilidade na rede e a concorrência desleal como consequências desta prática.