Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

  • 07/12/2017
  • 09:16
  • Atualização: 10:03

Decisão de Trump sobre Jerusalém deixa Oriente Médio em "círculo de fogo", aponta Erdogan

Presidente da Turquia convidou 57 países da Organização de Cooperação Islâmica (OCI) para reunião

Presidente da Turquia convidou 57 países da Organização de Cooperação Islâmica (OCI) para reunião | Foto: Ahmad Gharabli / AFP / CP

Presidente da Turquia convidou 57 países da Organização de Cooperação Islâmica (OCI) para reunião | Foto: Ahmad Gharabli / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan criticou nesta quinta-feira o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel pelo presidente americano Donald Trump, por considerar que esta decisão coloca o Oriente Médio em um "círculo de fogo".

"Tomar tal decisão coloca o mundo, e especialmente a região, em um círculo de fogo", declarou Erdogan em Ancara antes de uma viagem à Grécia para uma visita oficial.

 

"Hey, Trump! O que você quer fazer? Que tipo de abordagem é esta? Os líderes políticos devem trabalhar pela reconciliação e não pelo caos", completou.

Trump reconheceu na quarta-feira Jerusalém como capital de Israel, o que irritou os palestinos e provocou muitas críticas da comunidade internacional. Erdogan advertiu na quarta-feira que decisão de Washington "faria o jogo dos grupos terroristas". O presidente da Turquia convidou os 57 países da Organização de Cooperação Islâmica (OCI) para uma reunião sobre a questão de Jerusalém no dia 13 de outubro em Istambul.