Porto Alegre

11ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

  • 29/06/2013
  • 13:48
  • Atualização: 14:08

Koff revela desgaste no relacionamento com Luxa

Presidente descarta urgência na busca pelo novo treinador e abre caminho para efetivação de Roger

Koff revela desgaste no relacionamento com Luxa  | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

Koff revela desgaste no relacionamento com Luxa | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

No sábado em que o Grêmio se preparava para dar seguimento à intertemporada, uma reviravolta mudou os rumos do clube em 2013. Após uma reunião no final da noite dessa sexta-feira, a cúpula gremista optou pela saída do técnico Vanderlei Luxemburgo, comunicada no primeiro momento ao procurador do profissional e neste sábado ao próprio treinador. O presidente Fábio Koff explicou hoje que a relação com Luxa já não era a mesma de outros tempos.

"Vários fatores colaboraram para esta decisão. Alguns são de economia interna, que não podem ser revelado para vocês (jornalistas). Só posso afirmar que decidimos no momento certo. São fatos que acontecem no futebol e eu já passei por momentos assim. O relacionamento se desgasta ou se fortalece. O nosso ficou desgastado", disse em entrevista coletiva após o jogo-treino.

Koff esclareceu que a demissão de Luxemburgo foi o resultado de um exame feito pela diretoria. "Foi uma série de fatores, que nos levaram a esta conclusão, de rescindir o vínculo. Fizemos uma retrospectiva de fatos do passado para chegar até aqui. Na nossa avaliação, este foi o momento certo para uma demissão porque não estamos decidindo emocionalmente. Se fôssemos obedecer ao grito das arquibancadas, já teríamos feito isto há muito mais tempo. Foi uma definição maturada e bem pensada", argumentou.

Questionado sobre a possibilidade de que a demora na busca de um adversário para o jogo-treino tenha gerado um descontentamento em Luxa, Koff explicou que a escolha foi feita junto com o ex-treinador. "Nós tínhamos a ideia de mobilizar os sócios para a partida, mas tínhamos que considerar o fator segurança", resumiu.

O futuro

No horizonte do Grêmio, está a necessidade de buscar um novo treinador. Para o presidente Fábio Koff, o anúncio do técnico não é uma matéria de urgência no clube. "Não é algo que irá ocorrer hoje ou amanhã. Já estamos pensando individualmente e depois vamos nos encontrar para decidir em conjunto. Queremos um treinador que se encaixe na nossa filosofia e que tenha entrosamento conosco. Se a contratação de um treinador surgir, é porque resolvemos um problema em um tempo menor do que pensávamos", explicou sem citar o nome de Renato Portaluppi.

Koff ainda destacou a boa relação do auxiliar-técnico Roger com o grupo e abriu caminho para uma possível efetivação do profissional. "Não vamos perder muito com o Roger de interino. Ele conhece o grupo e os jogadores gostam dele. Por isto, não acho a decisão do treinador tão urgente", acrescentou.

Bookmark and Share


TAGS » Grêmio, Futebol, Esporte