Porto Alegre

26ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018

  • 27/01/2018
  • 16:47
  • Atualização: 06:56

Bill Clinton apresenta homenagem ao Fleetwood Mac em evento anual pré-Grammy

Em Nova Iorque, grupo norte-americano recebeu o troféu MusiCare Person of the Year

Troféu foi entregue em reconhecimento de suas realizações criativas significativas e seu apoio de longa data a várias causas de caridade | Foto: Steven Ferdman / AFP / CP

Troféu foi entregue em reconhecimento de suas realizações criativas significativas e seu apoio de longa data a várias causas de caridade | Foto: Steven Ferdman / AFP / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Bill Clinton já se encontrou com inúmeras celebridades famosos e liderou diversas homenagens a personalidades que deixaram uma marca importante nos Estados Unidos. Na noite de sexta-feira, durante um evento organizado pelo Grammy, o ex-presidente juntou as duas coisas ao apresentar o MusiCare Person of the Year ao Fleetwood Mac, banda que o democrata afirmou ter um lugar especial em sua história. O grupo, com formação clássica de Lindsey Buckingham, Mick Fleetwood, Christine McVie, John McVie, e Stevie Nicks, recebeu o troféu em reconhecimento a suas realizações criativas significativas e seu apoio de longa data a várias causas de caridade.

• Jay-Z lidera indicações ao Grammy que celebra o hip-hop

Chefe de Estado dos EUA entre 1993 e 2001, ele escolheu a canção "Don't Stop", do grupo, com sua mensagem de progresso e esperança, como a música-tema de seu primeiro mandato. Seu sucesso conseguiu reunir a banda, que poder desavenças não tocava mais junta, para uma performance em sua posse na Casa Branca. "Eu também quero dizer o quão honrado estou em homenagear a banda cuja famosa faixa 'Do not Stop Thinking About Tomorrow' foi tocada para mim com mais frequência que 'Hail to the Chief'", brincou, referindo-se ao hino interpretado pela Banda Militar do país durante aparições presidenciais. Em uma noite cheia de aplausos, o ex-mandatário desencadeou uma das maiores ovações ao apresentar Hillary Clinton, sua esposa, ex-secretária de Estado e candidata derrotada na eleição presidencial de 2016.

Os artistas que se apresentaram na cerimônia incluíram Lorde, Harry Styles, Miley Cyrus, Keith Urban e Imagine Dragons. A primeira da lista está na disputa por um dos prêmios mais prestigiados e cobiçados do Grammy, o de Álbum do Ano. A neozelandesa de 21 anos subiu ao palco para interpretar um cover de "Silver Springs".

Miley mostrou sua gama vocal com "Waterfall", originalmente marcada pela tonalidade arenosa de Stevie Nicks. O Fleetwood Mac, que fez uma grande turnê no ano passado, subiu ao palco para cinco músicas começando com "The Chain", com Harry Styles, o ex-integrante do One Direction que lançou-se no cinema com uma participação no filme "Dunkirk".

  

Este anual concerto pré-Grammy é conhecido como MusiCares e arrecada dinheiro para artistas em início de carreira ou que estão enfrentando turbulências. Neil Portnow, presidente da Recording Academy, que administra os dois eventos, informou que o show deste ano gerou 7 milhões de doláres. Clinton, disse que viu em primeira mão, enquanto um jovem aspirante do Arkansa à saxofonista, como a indústria musical é um negócio difícil. "Aprendi há muito tempo que os presentes musicais são amplamente compartilhados - e que muitos músicos dedicados e amorosos nunca ganharão dinheiro suficiente para até mesmo sustentar sua aposentadoria", comentou.